De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Luxemburgo: exposição sobre Aristides de Sousa Mendes desapareceu

16 painéis das exposições sobre Aristides de Sousa Mendes e “Portugal e Luxemburgo” foram roubados em Esch-sur-Alzette, no sul do Luxemburgo. As exposições, denominadas “Aristides de Sousa Mendes – um cônsul português entre a consciência humana e a razão de Estado” e “Portugal e Luxemburgo – países de esperança em tempos difíceis” foram organizadas pelos Arquivos Nacionais e pela Memo Shoah e relatam “momentos muito dolorosos da história ainda recente do Luxemburgo”.

A Secção do Partido Socialista (PS) no Luxemburgo condenou, através de um comunicado, o furto de diversos artefactos alusivos à História de Portugal que tinham sido expostos em Esch-Sur-Alzette. De acordo com uma nota enviada à redação do BOM DIA, o crime ocorreu no dia 11 de junho “numa zona central da cidade e diante do museu que organizou as exposições”.

O partido espera que, independentemente do cariz do assalto, os seus responsáveis sejam levados à justiça.

A exposição ao ar livre tinha 17 painéis pendurados entre as árvores na Place de la Résistance através de fios metálicos. Alguém desmontou e levou 16 dos 17 painéis da exposição. As autoridades procuram o responsável.