De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Colunistas

Lagos: uma cidade com história

A cidade de Lagos, situada no sul de Portugal tem ainda alguns vestígios da cidade antiga. As muralhas do Castelo dos Governadores situado no Jardim da Constituição tem o seu aspeto imponente. O forte marítimo denominado Porta da Bandeira que foi construído por volta de 1680, tem características de arquitetura militar e o qual tem uma ponte levadiça muito interessante.

O próprio Infante D. Henrique viveu em Lagos comandando expedições e Lagos foi levada a cidade por el-rei D. Sebastião no século XVI. No século XVIII, a cidade foi atingida por um terramoto, levando a cidade a sofrer certas dificuldades económicas e estruturais, ao longo de vários anos.

Lagos, localizada mesmo em frente do Mar Atlântico, oferece boas praias para visitantes nacionais e estrangeiros há já várias décadas. As nove praias situadas perto de Lagos dão oportunidades aos visitantes para se refrescarem no mar fresco e as suas areias amareladas cativam qualquer um para passear à beira-mar em qualquer estação do ano. As paisagens das suas seis freguesias são variadas. Elas variam entre campos verdes e castanhos sob o azul do céu no verão e outras freguesias foram procuradas como locais de residência simples ou de luxo.  

A indústria conserveira perdeu alguma importância no século XX, mas o turismo e a criação de serviços voltou a dar vida a esta cidade. A sua densidade populacional cresceu também ao longo dos tempos. Embora havendo variações de crescimento. E segundo os censos de 2011, apenas 2% da população se dedica ainda às atividades do setor primário. Em 2015, 19% da população era estrangeira. Os nacionais de muitos outros países europeus, especialmente os do Reino Unido sempre apreciaram o ambiente da região de Lagos.

Os museus desta cidade são muito apreciados. Vale a pena referir o Museu da Cera e o Núcleo Museológico Dr. José Formosinho. Assim como a cidade dispõe de uma Fototeca, Centro Cultural e um Centro Ciência Viva. Agora, no século vinte e um, ao percorrermos as avenidas, ruas e ruelas da cidade de Lagos, descobrimos lojas modernas e lojas tradicionais. Algumas das lojas têm artigos úteis para as necessidades do cidadão e outras apenas regalam os olhos daqueles que precisam de discontração. Naturalmente que a arte urbana, entre esta, as esculturas criativas e expressivas, dão beleza à localidade portuguesa.

Teresa Cavaco Howe

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.