De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

José Luís Carneiro: falem português em casa

O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, marcou presença a 9 de março, em Ettelbruck, no Luxemburgo, numa cerimónia de entrega de diplomas a 180 alunos que realizaram, em 2018, exames de certificação de aprendizagem da língua portuguesa.

A cerimónia, organizada pela Coordenação do Ensino do Português no Luxemburgo, contou igualmente com a presença do Diretor-Geral do Ensino Superior de Portugal, João Queiroz e serviu para divulgar junto da comunidade portuguesa, residente naquele país, oportunidades de ingresso no Ensino Superior em Portugal.

Na sua intervenção, José Luís Carneiro apelou às famílias para que “falem português em casa” e aproveitem as várias modalidades de ensino de português no Luxemburgo, recordando que o Governo “tem feito um grande esforço para garantir a promoção do ensino e da cultura portuguesas no Luxemburgo”. Este investimento foi superior a 2 milhões de euros no ano letivo 2018/2019.

José Luís Carneiro aludiu, também, ao aumento do número de alunos que este ano obtiveram certificados de português no Luxemburgo. “É um crescimento de 37 por cento do número de alunos que quiseram realizar provas, permitindo-lhes obter um certificado que é válido em todo o espaço da União Europeia”.

Perante um auditório composto por cerca de 400 pais e alunos, o Diretor-Geral do Ensino Superior explicou que aquele evento marcou o arranque da iniciativa “Jornadas Estudar e Investigar em Portugal 2019”. Esta visa divulgar junto das comunidades portuguesas residentes no estrangeiro as oportunidades de ingresso e frequência no ensino superior português para emigrantes e luso-descendentes.

“Nós temos uma rede de ensino superior com qualidade, bem implementada, com bons professores, que pode ser aproveitada por estudantes internacionais mas também por luso-descendentes”, disse João Queiroz.

O ensino superior em Portugal tem um contingente reservado a filhos de emigrantes de 7% do total das vagas nacionais. No corrente ano letivo foram colocados 347 alunos, o que correspondente ao preenchimento de 9 % da quota.

O evento realizado em Ettelbruck contou com a presença do Embaixador de Portugal no Luxemburgo, António Gamito, do vogal do Conselho Diretivo do Instituto Camões, João Neves, do Cônsul-Geral de Portugal no Luxemburgo, Manuel Gomes Samuel e do vereador da Câmara Municipal de Ettelbruck, Christian Steffen.

No seu discurso o Embaixador António Gamito referiu a importância de uma comunhão de vontades entre pais, alunos e professores, para que cada vez mais alunos possam aprender o português no Luxemburgo. “Estou muito orgulhoso com esta cerimónia e com os resultados alcançados e peço que continuem todos a prosseguir este caminho”, observou.

João Neves referiu que o Instituto Camões continuará a dedicar grande atenção à rede de ensino de português no estrangeiro, tanto nas dificuldades encontradas, como nos sucessos alcançados. Estimulou ainda os presentes a utilizarem as opções ao seu dispor para a aprendizagem do português no Luxemburgo e referiu que a língua portuguesa é cada vez mais valorizada internacionalmente como língua de cultura, de comunicação e de negócios.

A iniciativa foi organizada pelo coordenador do Ensino do Português no Luxemburgo, Joaquim Prazeres, que contou com o apoio dos professores de português no Grão-Ducado e da Associação de Pais de Ettelbruck, presidida por Fernando Vieira. A iniciativa foi animada por vários momentos musicais, a cargo de alunos de língua portuguesa no Luxemburgo, de músicos de nacionalidade portuguesa ali residentes e do Grupo Etnográfico do Alto Minho, entidade que promove as tradições folclóricas portuguesas no Luxemburgo.