De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Motores

Guimarães: organizadores de rali condenados por tragédia de 2014

O Tribunal da Relação de Guimarães confirmou a condenação por homicídio negligente de quatro responsáveis pela organização da edição 2014 do Rali Sprint de Guimarães, em que morreram três espectadores colhidos por uma viatura que se despistou.

Segundo nota hoje publicada na página da Procuradoria-Geral Distrital do Porto, a Relação fixou a pena de prisão em 18 meses para cada um dos arguidos, suspendendo-a na sua execução por igual período. Na primeira instância, os arguidos tinham sido condenados a penas de 22 e 26 meses de prisão, igualmente suspensas.

Os factos reportam-se ao despiste de um automóvel de competição, no dia 07 de setembro de 2014, em Guimarães, durante a classificativa do Rali Sprint de Guimarães.

Leia o artigo completo em Jornal de Notícias.