De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Guerra comercial entre portugueses e kosovares na Suíça

A Casa Portuguesa 2000, revendedora de produtos portugueses no cantão do Valais, acusa uma empresa de concorrência desleal.

A informação foi divulgada pela empresa acusada, a Gashi International Food, na sua página Facebook. Empresa pertencente a uma família de origem kosovar.

Criada em 1999, a Casa Portuguesa 2000, mais conhecida com o nome de Décors 2000, começou como loja de decoração e artigos diversos. O projeto foi crescendo e começou a integrar alimentação e bebidas, estando hoje abertos em três localidades suíças: Sierre, Château-neuf e Fully sob o nome Casa Portuguesa 2000.

Segundo os gerentes da casa lusa, citados pela página Portugueses na Suíça, o seu concorrente vende as mercadorias abaixo do custo efectivo. O advogado dos portugueses ameaçou apresentar uma queixa caso a Gashi continue essas práticas a partir desta segunda-feira, dia 3 de maio.

Num comunicado publicado nas redes sociais em resposta às acusações, a empresa, cujos donos têm origem kosovar, nega agir de forma ilegal. A empresa informa que o seu “fundador é proveniente de uma região pobre onde a solidariedade é vital”. É um dos motivos da “luta há mais de 20 anos para oferecer às famílias produtos de qualidade a preços acessíveis”.

Para obter preços baixos, a Gashi International Food explica que trabalha com um número limitado de importadores e distribuidores na Suíça para “permitir oferecer preços vantajosos, sem intermediários, mas também garantindo condições profissionais de armazenamento e transporte”.

Nas redes sociais, a “guerra comercial” entre as empresas levou a variadas tomadas de posição, inclusivamente de portugueses que defendem a empresa de origem kosovar.