De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Motores

GP Argentina adiado

O Grande Prémio da Argentina, prova do Mundial de motociclismo de velocidade que deveria realizar-se entre 17 e 19 de abril, foi adiado para 20 e 22 de novembro, devido à epidemia do coronavírus, anunciaram os organizadores.

O adiamento da prova argentina, que se disputa no circuito Termas de Rio Hondo, levou a novo adiamento do Grande Prémio (GP) da Comunidade Valenciana, em Espanha, última etapa do Campeonato do Mundo, que ficou agendado para 29 de novembro.

A data do GP da Comunidade Valenciana já tinha sido alterada na terça-feira, passando de 15 para 22 de novembro, em consequência do adiamento do GP das Américas, nos Estados Unidos, que foi alterado de 05 de abril para 15 de novembro, pelo mesmo motivo.

O GP da Argentina é a quarta prova do Mundial de motociclismo de velocidade a ser afetada, depois de a etapa inaugural, no Qatar, ter-se disputado apenas nas categorias de Moto2 e Moto3, sem a realização da corrida de MotoGP, na qual compete o português Miguel Oliveira (KTM).

O GP da Tailândia, segunda prova do calendário de 2020, agendado inicialmente para 22 de março, tinha sido adiado para 04 de outubro, o que significa que a primeira corrida do campeonato na categoria rainha acontecerá apenas no GP de Espanha, em 03 de maio.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.300 mortos em 28 países e territórios.

O número de infetados ultrapassou as 120 mil pessoas, com casos registados em 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 78 casos confirmados.

Face ao avanço da epidemia, vários países têm adotado medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena inicialmente decretado pela China na zona do surto.

A Itália é o caso mais grave depois da China, com mais de 10.000 infetados e pelo menos 631 mortos, o que levou o Governo a decretar a quarentena em todo o país.