De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Motores

Ford Fiesta Active: uma postura aventureira

O Ford Fiesta Active tem uma maior altura ao solo que o Ford Fiesta convencional e adota uma postura mais aventureira através das proteções da carroçaria nos parachoques dianteiro e traseiro, embaladeira e guarda-lamas. Estas proteções da carroçaria não só oferecem ao Ford Fiesta Active o estilo de pequeno SUV como também têm o efeito prático da proteção da pintura quando nos aventuramos por estradões de terra. Numa altura em que a febre dos crossovers está ao rubro esta versão do Ford Fiesta promete agradar a quem procura mais do que um simples utilitário.

O novo Ford Fiesta mantém as linhas conservadoras da Ford, com um aspeto mais atual e atraente que o deixa ao mesmo nível da concorrência no que toca ao design. É um automóvel para todas as idades, que não se torna excessivamente berrante para os mais velhos, nem monótono e com pouca piada para os mais novos, há várias cores e personalizações que ajudam a adequar o estilo à faixa etária ou ao tipo de utilizador.

No interior a qualidade dos materiais e da montagem é das melhores do segmento, não há ruídos parasitas e contamos com uma série de equipamentos dignos também de um segmento superior. Temos puxadores das portas em alumínio, imitações de carbono, temos couro e pesponto cuidado no volante, punho da caixa de velocidades e assentos, assim como material emborrachado no tabliê.

O espaço a bordo é bom nos lugares dianteiros, já nos lugares traseiros pode deixar a desejar para os passageiros de maior estatura. A bagageira está ao nível da concorrência com 303 litros de capacidade, que se estendem aos 984 litros através do rebatimento dos assentos traseiros.

Para a tarefa da condução, temos um volante ergonómico com excelente pega, um bom punho da caixa de velocidades, uma excelente posição de condução e assentos confortáveis com apoio lombar correto.

No que toca ao equipamento interior, esta versão Active conta com ar condicionado automático, sistema de navegação e multimédia Ford Sync 3 em ecrã de 8 polegadas com reconhecimento de voz (opcional), sistema de som B&O (opcional), comandos do rádio e painel de instrumentos no volante, câmara de ajuda ao estacionamento traseiro (opcional), painel de instrumentos em ecrã TFT, vários modos de condução, chave mãos-livres (opcional), espelho retrovisor interior com escurecimento automático, botão de ignição, uma porta USB para os lugares traseiros, entre outros.

O sistema Ford Sync 3 é um dos melhores do segmento, para além de aparecer num ecrã de dimensões generosas, tem uma excelente imagem, é de fácil utilização e tem uma série de funções e aplicações, o AndroidAuto e o Apple CarPlay permitem-nos estar sempre “conectados” ao nosso telefone. No site da Ford temos à nossa disposição um catálogo de aplicações, onde os utilizadores podem pesquisar as aplicações disponíveis para a sua versão SYNC. O catálogo do AppLink inclui também ligações para o iTunes ou Google Play Store, a partir dos quais é possível transferir as aplicações. O melhor é podermos executar várias tarefas por voz, como mudar de musica, selecionar pastas entre outros.

O painel de instrumentos é digno de um automóvel de segmento superior, tem igualmente uma boa imagem, aparece num ecrã TFT e revela toda a informação necessária para a circulação, informações de viagem, consumos, reconhecimento de sinais de transito, alertas das ajudas à condução, temperatura exterior, estado do veiculo, entre outros.

A condução do Ford Fiesta Active é tão agradável como a condução do Ford Fiesta convencional. A Ford manteve a direção directa, o chassi é de excelência, a caixa de velocidades é agradável e a configuração das suspensões é equilibrada. Apesar dos apetrechos de proteção da carroçaria e da altura ao solo maior face à versão normal, o Ford Fiesta Active continua a ter um comportamento exemplar que é para nós um dos melhores do seu segmento. A abordagem às curvas é sempre realizada de forma precisa e previsível como é já habitual nos automóveis da marca americana. Apesar de não ser um verdadeiro SUV, a altura ao solo extra permite aos utilizadores do Fiesta Active aventurarem-se por caminhos de terra pouco acidentados.

O motor de um litro turbo a gasolina tem três cilindros, debita 100cv de potência e 170Nm de binário entre as 1500rpm e 4000rpm às rodas dianteiras, através de uma caixa manual de 6 velocidades bem escalonada e de agradável utilização. Em termos de performance temos uma aceleração dos 0 aos 100km/h em 11 segundos e uma velocidade máxima de 181km/h. Este motor é “redondo” q.b, mostrando um comportamento quase semelhante ao de um motor 4 cilindros. Não se tornando excessivamente anémico nas rotações mais baixas, permite que os consumos se tornem mais simpáticos por permitir ao condutor andar fora dos regimes do Turbo, onde o consumo de combustível é maior. Noutras motorizações de baixa cilindrada sobrealimentadas, torna-se difícil circular em regimes baixos devido à falta de potência e cilindrada, algo que acontece com menos frequência nesta motorização Ecoboost.

No que toca aos consumos, rondaram sempre os 6,5 Litros a cada 100km, com uma condução comedida em percursos mistos com e sem transito. Se quisermos fazer o gosto ao pé direito, não há milagres e os consumos fazem-nos pensar duas vezes no estilo de condução.

Relativamente à segurança, o Ford Fiesta Active tinha aviso de ângulo morto, sensores de chuva e luminosidade, câmara de ajuda ao estacionamento traseiro, reconhecimento de sinais de trânsito e aviso de saída de estrada com manutenção em faixa. Nos testes Euro NCAP o Ford Fiesta obteve as 5 estrelas com 87% na proteção dos adultos, 84% na proteção das crianças, 64% na proteção dos peões e 60% nas ajudas à condução.

MAIS CARROS EM CAR ZOOM