De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Desporto

Falta de segurança preocupa ciclistas na Volta ao Luxemburgo

Os ciclistas que se encontram no Luxemburgo a disputar a Skoda Tour (volta ao grão-ducado), interromperam esta quarta-feira a segunda etapa da prova, cerca de 30 minutos, para exigirem melhores condições de segurança. Em causa está o corte parcial do trânsito durante as etapas.

Durante a corrida de abertura, o líder isolado Tony Gallopin, da AG2R, contornou uma rotunda pela esquerda (3:25 no vídeo), indo contra as ordens dos assistentes, e deparou-se com três viaturas paradas, episódio que deixou incrédulas as equipas da WorldTour, habituadas a correr em estradas totalmente vedadas ao trânsito.

De acordo com o jornal Contacto, a paragem de 30 minutos da segunda etapa, que liga Remich e Hesperange, foi a forma de protesto encontrada pelos atletas para exigirem melhores condições.

Recorde-se que a W52-FC Porto falhou a Volta ao Luxemburgo, deixando em Ivo e Rui Oliveira, da UAE Emirates, a responsabilidade de envergarem a bandeira portuguesa.