De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

EUA: loja portuguesa ajuda emigrantes a sair da crise

A loja online de produtos portugueses Rooster Camisa, detida por Goretti Medeiros, vai criar novas marcas com design dedicado para duas celebridades lusodescendentes, o ‘chef’ pasteleiro Jeremiah Duarte Bills e o fadista David Silveira Garcia. “Estamos a desenvolver produtos específicos e o nosso objetivo é lançar no início de setembro”, disse à Lusa a designer Goretti Medeiros. “Queremos ajudar a comunidade e ligar tudo”, afirmou, explicando que este é um projeto importante para o crescimento pós-pandemia de covid-19.

Para Jeremiah Duarte Bills, que confecciona doçaria portuguesa em Sacramento, norte da Califórnia, a marca desenvolvida pela Rooster Camisa será dedicada a itens de cozinha, incluindo um avental de designer.

No caso de David Silveira Garcia, que atua na zona de São José, a marca será em torno da música e do fado, com a ideia de “criar algo complementar” à cultura portuguesa. Serão peças que podem ser usadas em ambientes mais requintados, como gravatas, lenços de bolso e camisas.

Em ambos os casos, os preços serão mais elevados que a média de produtos disponíveis neste momento na loja, e que vão desde galos de Barcelos em metal a t-shirts, calças, bonés, malas, colares e outros, todos focados na herança lusa.

“Estou empenhada em desenvolver o movimento que temos na comunidade portuguesa”, disse Goretti Medeiros, acrescentando: “Temos de nos juntar como uma unidade maior”.

Parte desta vontade é para auxiliar os salões que deixaram de ter fontes de receitas, porque a pandemia de covid-19 obrigou a cancelar as festas.

“Gostaríamos de ser um canal para aqueles que precisam de ajuda”, afirmou. “Se houver um salão ou uma comunidade que precisa de fazer uma angariação de fundos online, temos produtos que podemos fazer e doar todas as receitas das vendas para suplementar o que eles perderam por causa do cancelamento das festas”.

Este trabalho, disse, será ‘pro bono‘ e uma forma de retribuir à comunidade o apoio que a lusodescendente tem recebido. Depois de perder o emprego por causa da pandemia de covid-19, em março, Goretti Medeiros usou a sua experiência como designer técnica e criou uma linha de produção de máscaras para profissionais de saúde, que atingiu o pico da procura em abril.

A oferta alargou-se a capas cirúrgicas, lenços de proteção facial e máscaras para consumidores quando, um dia, Medeiros decidiu cortar as toalhas com galos de Barcelos que tinha em casa e cosê-las naqueles formatos.

“A partir daí comecei a importar tecido de Portugal e introduzimos uma secção para que as pessoas escolham o tamanho e formato que querem”, disse, explicando que o material vem de um fornecedor no Minho e que os desenhos mostram diversos motivos portugueses.

Agora, a lusodescendente está a trabalhar a tempo inteiro na expansão da loja Rooster Camisa, que teve um aumento da procura nos últimos meses, à semelhança do que aconteceu com outros sítios de comércio eletrónico.

“Sempre quis fazer isto a tempo inteiro e não fazia ideia que uma pandemia seria a razão que me levaria a conseguir”, disse Goretti Medeiros.

Uma das novas estratégias é fechar parcerias com pequenos negócios locais para que tenham os seus produtos à venda de forma permanente. O primeiro é o L&F Fish Market, localizado em Little Portugal, São José, que registou “uma explosão de vendas” desde que passou a disponibilizar os novos itens.

“Têm clientes que vão lá especificamente para comprar produtos Rooster Camisa”, disse Medeiros. “Há sempre clientes que querem tocar nos produtos antes de os comprarem. Ainda não estamos numa sociedade totalmente digital”.

O intuito é, além de alargar o alcance dos seus produtos, contribuir para o aumento das vendas das pequenas lojas, já que a pandemia está a afetar toda a gente. “Estamos todos juntos nisto”, disse. “Precisamos de dar as mãos e dar o salto”.

Goretti Medeiros trabalha a partir do condado de Los Angeles, com uma equipa de cinco pessoas, e continua a produzir máscaras, tanto para profissionais como consumidores. Nas máscaras do quotidiano, o design mais recente mostra a bandeira de Portugal.