De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Colunistas

Escorraçada

Acreditem. Acabei de ser escorraçada da praia por um polícia de viseira, correndo esbaforido pela linha do mar, aos berros para conseguir ser ouvido pelos 4 infractores presentes.

“Saiam! Saiam! Fora! Fora!” Ouvi antes de perceber um vulto escuro correndo e gesticulando na minha direcção. Fiquei assustada. Julguei que fosse um louco qualquer. “Não pode estar aqui! A barreira de protecção foi violada e sai ou levo-a para a esquadra!” (o homem estava sem fôlego) .

Apontei para o lado da praia para onde me dirigia e respondi ” Vou sair por aquela rampa” .

“Sai já por esta saída aqui. Rápido se não vai para a esquadra. E os cães não podem estar aqui.”
Vocês gostam disto. Eu sinto-me só infeliz.

Isto é uma violação. Se não percebem isso…

 

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.