De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Portugal

Entre 50 e 70 postos de trabalho criados em Vagos

Uma empresa de capitais portugueses e espanhóis vai investir cinco milhões de euros na construção, em Vagos, de uma fábrica de montagem de bicicletas, criando entre 50 a 70 novos postos de trabalho diretos, segundo foi anunciado.

“Com este novo investimento, o Parque Industrial de Sosa ficará com uma ocupação a rondar os cem por cento na parcela B”, refere o presidente da Câmara Municipal de Vagos, Silvério Regalado.

O novo investimento será feito em três fases por uma empresa que já possui uma unidade fabril num concelho vizinho. “É sempre bom acolher investimentos, ainda por cima no setor de duas rodas, que tem tanta tradição na região”, refere Silvério Regalado.

O autarca refere que, nos últimos seis anos, o Parque Empresarial de Sosa recebeu investimentos no valor de 200 milhões de euros. Entre estes, destaca-se o da empresa chinesa 360 Steel, projeto de 13 milhões de euros que criou 70 postos de trabalho no concelho, e o da Ria Blades, construtor de pás eólicas e maior empregador do concelho, que investiu mais de cem milhões de euros.

“O investimento total no concelho nos últimos seis anos ronda os 300 milhões de euros, tendo sido criados dois mil novos postos de trabalho”, refere Regalado, destacando o papel da autarquia na captação de investimentos para o concelho.

O autarca acrescenta que “o perfil de Vagos tem vindo a mudar de concelho marcadamente rural a um concelho que acolhe investimentos de todo o mundo, que produzem emprego e riqueza”.

Segundo dados de 2017, no município de Vagos estão instaladas 555 empresas que representam um volume de negócios anual superior a 422 milhões de euros.

A agricultura, pecuária, pesca e caça representam agora apenas quatro por cento do setor empresarial do concelho, registando-se um crescimento das indústrias transformadoras, que empregam quase 60 por cento dos 3.638 empregados registados no município.