De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Mundo

Empresas ribatejanas apostam em Moçambique

No âmbito do projeto conjunto financiado “Negócios no Mundo”, a NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, encontra-se a organizar uma missão empresarial à capital moçambicana, Maputo, onde se pretende que as empresas participantes consigam mais contactos e mais negócio. A viagem de negócios decorre entre os dias 30 de agosto e 5 de setembro, com financiamento de 50% das despesas elegíveis para os participantes.

A missão empresarial tem caráter multissetorial e engloba a identificação de oportunidades de negócio de acordo com os interesses das empresas participantes, a realização de reuniões institucionais e a realização de reuniões bilaterais com empresas locais, que possam vir a ser potenciais clientes, parceiros ou fornecedores.

Cabe à NERSANT organizar e liderar esta missão empresarial, desde o agendamento de voos, marcação de reuniões de acordo com os interesses dos participantes e apoio técnico durante a viagem de negócios. Por se tratar de uma ação financiada, as empresas que vierem a integrar a missão poderão ter acesso a um financiamento de 50% das despesas elegíveis.

Portugal e Moçambique desde sempre mantiveram uma relação respeitosa e forte. Enquanto ex-colónia portuguesa, e atualmente enquanto membro dos PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa) e da CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa), tem-se feitos esforços significativos para o incentivo de investimento português no país, na tentativa de o desenvolver, tornando-o um motor importante para a economia do continente africano.

Com poucas barreiras e pré requisitos à entrada, Moçambique mostra-se, portanto, um país economicamente atraente para as empresas portuguesas, que devem sempre contar com parceiros moçambicanos para o processo de internacionalização. Moçambique está ainda entre os principais 10 países, fora da União Europeia, para onde Portugal mais exporta.

A realização da missão empresarial a Moçambique é uma ação integrada no projeto “Negócios no Mundo”, financiado pelo Portugal 2020, vocacionado para a potencialização da internacionalização das PME nacionais, através de uma atuação integrada de ações externas, missões inversas e capacitação de empresários e encontra-se estruturado de forma a envolver diretamente 150 empresas de Portugal Continental que apresentam reduzidos valores de exportação, que procuram diversificar a sua presença no exterior, bem como a sua rede de parceiros internacionais em novos mercados.