De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Europa

Empresas portuguesas são as que mais temem o Brexit

O European Payment Report 2018, o relatório anual da Intrum que analisa o comportamento de pagamentos das empresas e do Estado, revela que Portugal é o país europeu onde a maior parte das empresas tem uma expectativa negativa em relação aos efeitos do Brexit.

Das empresas portuguesas inquiridas, 54% afirmam esperar que uma União Europeia enfraquecida afete os seus negócios de forma negativa. Uma postura mais pessimista, quando comparada com a média europeia, em que 23% das empresas partilham o mesmo sentimento.

Para além de Portugal, a Grécia (50%), a Irlanda (45%) e a República-Checa (42%), fazem parte dos países mais apreensivos com os efeitos do Brexit nos seus negócios. É também de destacar que, dos 29 países inquiridos, apenas um país, a Noruega, acredita que o impacto do Brexit será mais positivo (7%) do que negativo (6%).

A Suíça e o Reino Unido são os únicos países em que as respostas positivas atingem os dois dígitos, com 13% e 25% respetivamente, valor muito superior à média dos restantes países que partilham este sentimento (4%).

No entanto, a principal tendência, com 53% das respostas, é a de que os efeitos do Brexit não irão de modo algum afetar os seus negócios.