De que está à procura ?

Comunidades

Emigrante morto a tiro em França já foi vingado

© DR

Tiago Silva, natural de Oliveira de Azeméis, foi assassinado com um tiro na cabeça à frente da família. Espanhol confessou homicídio.

Tiago Silva, um emigrante de 32 anos, natural de Oliveira de Azeméis, foi assassinado com um tiro na cabeça, à frente dos dois filhos menores e da mulher grávida, em Buzet-sur-Baïse, no Sul de França, onde vivia há dois anos. O homicida, um cidadão espanhol, assim como dois alegados cúmplices portugueses foram detidos pelas autoridades francesas e anteontem colocados em prisão preventiva. Na origem do crime está uma discussão numa festa familiar durante a qual a vítima empurrou o cidadão espanhol.

Quando a vítima saiu do carro, ao que tudo indica para abrir o portão da casa arrendada que habita há cerca de dois anos, foi alvejado com o tiro na cabeça. Mulher e filhos ainda estavam no interior do carro. Alertaram os socorros e as autoridades, mas já nada havia a fazer. O emigrante morreu no local.

Leia mais em Jornal de Notícias.

TÓPICOS