De que está à procura ?

Colunistas

Em sopros de amor em vida…

Somos um sopro de dança,
Em asas de agitada ventania…
Embrulhados em linda trança, 
Em carinhos de amada euforia… 

Somos uma lufada de vida, 
Em contos de gente descalça… 
Estamos à nascença de partida, 
A caminho já de outra alça… 

Somos um gemido de prazer! 
Em lençóis de nossos amores… 
Ora a nascer ora a morrer, 
Perdidos em tantas cores… 

Somos no fim apenas poeira… 
Em terra de argila moldada, 
Perdidos achados já nessa eira… 
Que nos recebe de mão beijada… 

Somos já em energia, viajantes, 
A caminho de outra dimensão… 
Que sejamos primeiro, amantes, 
Dos amores do nosso coração. 

PP_06 01 2022 

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

TÓPICOS