De que está à procura ?

Portugal

Detido por suspeita de ameaçar matar Marcelo

© Lusa

Esta terça-feira, a Polícia Judiciária (PJ) deteve o homem suspeito de ameaçar matar o Presidente da República em outubro de 2022, através de uma carta enviada para a Casa Civil.

De acordo com a Lusa, a informação foi avançada pela CNN Portugal, que refere que as ameaças a Marcelo Rebelo de Sousa surgiram em outubro, numa carta enviada para a Casa Civil onde, alegadamente, era exigido o pagamento de um milhão de euros para não matar o chefe de Estado.

A carta continha indicação da conta bancária para onde deveria ser feita a transferência do dinheiro e ainda uma bala.

De acordo com a estação televisiva, a operação da PJ envolveu fortes medidas de segurança, visto que o suspeito detido terá antecedentes criminais violentos.

TÓPICOS