De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Portugal

Descoberto em Portugal método que substitui ressonâncias magnéticas

Um investigador do Instituto Ibérico de Nanotecnologia, em Braga, desenvolveu um método mais simples e menos invasivo que permite substituir determinados exames realizados por ressonâncias magnéticas a fim de obter os mesmos resultados em apenas cinco minutos.

De acordo com o jornal OMinho, “a máquina, de dimensões bastante reduzidas, funciona através de uma pequena amostra de sangue do paciente, podendo detetar várias doenças, como é o caso da malária, da diabetes ou de alguns tipos de cancros. E o resultado é divulgado em menos de cinco minutos”.

Este método inovador foi levado a cabo por Weng Kung Peng, responsável pelo projeto desenvolvido em parceria com o Hospital Nacional da Universidade de Singapura.

“O objetivo é reduzir ainda mais o equipamento, até ao tamanho de um relógio, para depois ser possível identificar cada vez mais doenças, mesmo fora de laboratórios”, disse o singapurense em declarações à RTP.