De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Colunistas

Debandada imediata

Em qualquer eleição, se vão vendo as coisas mais pardacentas à medida que se vão conhecendo os resultados, começa a ver-se os ratos em debanda do barco para aquele que menos deriva.

Insurjo-me nesta minha questão porque normalmente se faz propaganda. Mas não esclarecimentos.

Infere-se com imensa clareza que é a temer a tragédia; os tachos que furam, inclusivamente os dos seus sequazes.

Se descessem das suas tamanquinhas e deixassem a prosápia, talvez mesmo as arruadas sejam menos amarelas.

(Não pratico deliberadamente o chamado Acordo Ortográfico)

 

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.