De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Lifestyle

Coprodução portuguesa exibida no festival de cinema de Toronto

O Festival Internacional de Cinema de Toronto (Canadá) terá em setembro uma programação reduzida, por causa da covid-19, e da qual faz parte o filme palestiniano “Gaza, mon amour”, de Tarzan Nasser e Arab Nasser, coproduzido por Portugal.

A 45.ª edição do festival, que decorrerá de 10 a 19 de setembro, contará com uma seleção de 50 filmes, substancialmente inferior às cerca de 300 obras exibidas na edição anterior, e com programação prevista sobretudo ‘online’ e com eventos presenciais limitados, devido à pandemia do novo coronavírus.

Da lista de filmes anunciados pelo festival, codirigido pela programadora portuguesa Joana Vicente, está a produção palestiniana “Gaza, mon amour”, dos irmãos Tarzan e Arab Nasser, com coprodução portuguesa, pela Ukbar Filmes.

A longa-metragem de ficção, que se estreará no festival de Veneza antes de chegar a Toronto, foi parcialmente rodada no Algarve e inspira-se numa história verídica ocorrida em Gaza, em 2014, quando um pescador encontrou uma estátua de Apolo no mar.

O Festival Internacional de Cinema de Toronto (TIFF) abrirá com “David Byrne’s American Utopia”, de Spike Lee, a lançar pela HBO, que regista em filme o espetáculo homónimo do músico dos Talking Heads.

Destaque ainda para a inclusão de “One night in Miami”, a estreia na realização da atriz Regina King com um filme sobre o pugilista Muhammad Ali, “Quo vadis, Aida”, de Jasmila Zbanic, e “A suitable boy”, de Mira Nair, escolhido para encerrar o festival.

Foi ainda selecionado “Casa de Antiguidades”, do brasileiro João Paulo Miranda Maria.

#portugalpositivo