De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Conhece Marina Ferreira?

Por trás do perfil  @marinaferreira__97 está Marina Ferreira, uma jovem de 22 anos que nasceu em Madrid e vive no Luxemburgo há 18 anos. É filha de emigrantes portugueses naturais de Chaves, Trás-os-Montes.

Portugal para Marina é tudo, significa conforto, amor, família e colo. Garante que é lá que se sente em casa, é lá que pertence. Partilha que ser portuguesa no estrangeiro é complicado, pois infelizmente ainda há muitos comentários desagradáveis em relação aos emigrantes. Por vezes sente-se emigrante lá e cá, e isso deixa-a triste.

O seu lugar preferido em Portugal, são as aldeias dos pais. Encontram-se a cinco minutos uma da outra, em ambas se sente bem. Na sua casa é onde encontra a paz, basta abrir a janela para se sentir desligada de tudo o que se vive num dia a dia de plena confusão no Luxemburgo. É onde tem a sua avó, é o lugar que não trocaria por nada deste mundo. Em Portugal adora as festas de aldeia, costuma dizer que verão sem festas não é verão. Na verdade ama estar em Portugal seja verão, ou qualquer outra estação.

No seu tempo livre Marina tenta fazer o máximo de coisas para que o tempo passe o mais depressa possível. Está no primeiro ano do curso de Assistente Social, na Bélgica que por ser perto lhe permite voltar para casa todos os dias. Ao sábado de manhã tem reuniões com o grupo de escuteiros ao qual pertence desde os nove anos. À noite dança rancho no grupo folclórico Aldeias de Portugal, onde representa Trás-os-Montes com o maior orgulho do mundo. Durante a semana ainda dá explicações a crianças com dificuldades na escola primária. Às terças faz hidroginástica. Para além de tudo isso adora passar tempo com a família à qual é muito chegada.

Apesar de ter nascido em Madrid chegou a viver um ano em Portugal, de onde saiu aos três anos. O pai já estava no Luxemburgo e o resto da família veio ter com ele. Confessa que mal voltam de Portugal começam logo a contar os dias para a próxima ida, pois em todas as férias rumam a Chaves e as despedidas custam cada vez mais. A sua família volta sempre onde são felizes e o destino será sempre voltar a casa. Marina quer muito voltar para Portugal em definitivo, mas enquanto isso não acontece espera conseguir fazer Erasmus em Portugal no último ano de curso.

Em relação à atualidade portuguesa garante que está sempre a par, seja pelas redes sociais ou pela televisão. Explica que os canais portugueses são os únicos ligados lá em casa. Tem pena que só mostrem as coisas más de Portugal, e só haja notícias tristes hoje em dia. Sabe que Portugal tem muito mais para mostrar do que aquilo que aparece na televisão, diz que é um país tão bom com uma população tão unida que deviam dar mais valor a isso. Tem muito orgulho em ser portuguesa, e isso ninguém lhe tira. Chegou de Portugal há alguns dias, e já está a contar os dias para a próxima ida.

@marinaferreira__97 é mais uma história de @portugalnomundo!