De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Conhece Helena Nascimento?

Por trás do perfil Instagram @helena_nascimento_ está Helena Nascimento, uma emigrante nos Países Baixos que nasceu em Campolide, Lisboa.

Quando veio para a Holanda decidiu aventurar-se não só porque se apaixonou por um holandês, mas também porque estava insatisfeita com os seus estudos e área de trabalho. ( na altura estudava Direito, e trabalhava no Ministério da Justiça) talvez o sonho de muita gente, mas não o seu. Queria queria estudar Belas Artes, estudo que lhe foi sempre desaconselhado por não ser um estudo com futuro.

Helena começou novinha (desde os 16 anos) a trabalhar e estudava de noite. Durante os estudos fez de tudo em Portugal: trabalhou em lojas, escritórios etc. Mais tarde na Holanda trabalhou com flores, foi guia turística, trabalhou no aeroporto e fez trabalho voluntário com doentes terminais…

No entretanto casou e teve dois filhos. E… sim, estudou finalmente Belas Artes! Quatro anos de que não se arrepende.

Começou a fazer exposições na Holanda e em outros países, mas infelizmente nunca teve uma exposição em Portugal. Nunca associou Portugal com arte e também nunca fui procurada por galerias portuguesas. Durante uns tempos considera que foi relativamente “conhecida”: dava entrevistas, aparecia regularmente em jornais e “em França até me chegaram a pedir autógrafos”, conta Helena Nascimento.

Esse período durou uns anos mas depois “fui completamente esquecida”, conta. Divorciou-se, parou de pintar e foi como se nunca tivesse existido no mundo da arte.

Helena vai a Portugal duas vezes por ano. Adora Cascais, Sintra e a vida noturna de Lisboa. Odeia que ainda haja espetáculos como touradas.

Os seus hobbies são ler, viajar, skydiving e animais. É vegetariana e não tem interesse algum em política e nem segue.

Na Holanda acabou por se enraizar e crê que isso se deve por ter realizado o seu sonho. Porque acabou por estudar o que quis e porque os filhos ali cresceram. Não se vê a voltar para Lisboa mas gostaria mais tarde de comprar uma pequena casa perto do mar.