De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Conheça o coletivo português que faz arte na Bélgica

O SeeU, em Bruxelas, recebe a exposição ART Expo do coletivo 5.1 Expontaneous Collective. Trata-se do encontro espontâneo de cinco artistas portugueses que vivem e trabalham na Bélgica. A exposição está patente até 01 de dezembro.

Andreia Morado, António Rodrigues, Maria João Flôxo, Monica Musoni e Rui Barros partem de abordagens e backgrounds artísticos diferentes para questionarem a humanidade, e a sua relação com a natureza e com a tecnologia. As vertentes artísticas utilizadas são diversos nomeadamente pintura, escultura, fotografia, cerâmica, performance e gravura.

Andreia Morada levará a cabo uma performance que conclui a sua instalação artística em duas salas de exibição das antigas casernas de Ixelles. Intitulada “Vi(s)” esta performance reflete sobre o mundo visível mas também sobre aquele que está na periferia da realidade.

Já o artista plástico António Rodrigues exibe trabalhos inspirados pela natureza. A temática é comum à série  “Inner Light _Natures”, da autoria de Maria João Flôxo, que questiona a diferença entre natureza e natureza humana.

Monica Musoni parte de fotografias analógicas para, através de diferentes meios, criar uma linguagem artística própria que questiona os limites da fotografia. Um trabalho que versa acerca do corpo, da natureza e da repetição. Por seu lado Rui Barros foca-se na interferência e omnipresença da tecnologia nas relações humanas.