De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Comunidade portuguesa na Alemanha debate crise do associativismo

O Grupo de Reflexão e Intervenção da Diáspora Portuguesa na Alemanha (GRI-DPA) organiza no dia 26 de outubro uma conferência subordinada ao tema “Associativismo de hoje e de amanhã“, que terá lugar na União Portuguesa de Hagen.

O BOM DIA entrevistou Manuel Campos, presidente do GRI-DPA, para conhecer melhor este projeto. No seu memorando o grupo compromete-se a dar visibilidade à comunidade portuguesa na Alemanha. “Este grupo deu-se conta da evolução que a comunidade portuguesa sofreu, e, sobretudo, do local onde se encontra depois de 50 anos de emigração”, explica o presidente.

Manuel Campos é peremtório, “refletir não chega, é preciso intervir”, e por isso o GRI-DPA manifesta os seus anseios. As dinâmicas culturais e de ensino foram o tema da primeira conferência, que teve lugar em Düsseldorf em 2017.

Agora é hora de discutir a “crise no associativismo na Alemanha”. O GRI-DPA defende que as associações têm de se renovar, sob pena de se dissolverem. Nas informações relativas à conferência a importância das associações na comunidade portuguesa é salientada pela sua capacidade agregadora dos usos, costumes, língua, cultura, vida económica e empresarial, e participação cívica.

Manuel Campos coloca a questão de forma pragmática ” se vivemos numa sociedade que não é a nossa originariamente temos que abrir as nossas portas à sociedade onde estamos, senão ficamos isolados”.

O evento junta pessoas de vários países, e ambiciona no final constituir um leque de propostas para posterior publicação.

Confira a entrevista completa: