De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Colunistas

Como potenciamos a nossa alegria de viver enquanto casal?

Há um exercício que gosto particularmente de fazer quando trabalho com casais, sejam eles de namorados, noivos ou já unidos pelo matrimónio.

Começo por lhes perguntar se costumam/se imaginam a celebrar o dia do seu namoro, noivado ou casamento e se sim, como?

Nesta segunda questão, levo o casal a recordar/imaginar a preparação, a formalidade, a informalidade, a sensibilidade, a solenidade, a grandiosidade e a avaliação do dia em que celebram o seu namoro, noivado ou casamento

Continuo, perguntando-lhes a que costumam/se imaginam a ser convidados enquanto casal nesse dia em que celebram o seu namoro, noivado ou casamento?

Nesta segunda questão, levo o casal a recordar/imaginar, a aprofundar e a concretizar a centralidade, a exigência e a partilha de cada um na relação.

Por último pergunto-lhes se morressem amanhã, a que dariam mais atenção hoje para celebrar bem o dia do seu namoro, noivado ou casamento?