De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Europa

Cheias: Liège pede aos não-residentes que abandonem a cidade

A presidente da Câmara interina da cidade de Liège, na Bélgica, Christine Defraigne, em entrevista ao jornal Le Soir, apela a que todas as pessoas que possam sair da cidade que o façam imediatamente.

De acordo com as estimativas das autoridades, “o nível da água deverá subir um metro e meio”.

“Quem trabalha em Liège ou faz turismo deve sair da cidade rapidamente, antes que os acessos fiquem encerrados”, disse a autarca.

Defraigne pediu que aos moradores que de protejam “subindo até o primeiro ou segundo andar, levando em consideração que o nível da água deve subir um metro e meio. É um princípio de precaução”.

Em toda a província, a situação é caótica. Morreram pelo menos quatro pessoas. Uma dúzia de casas desabou na cidade de Pepinster.

Toda a província de Liège está em alerta de inundação, ou seja, a fase vermelha (e uma grande parte das províncias de Luxemburgo, Namur e Brabant Wallon) indica a direção operacional geral das hidrovias da Valónia no seu site.