De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Colunistas

Cego é quem não quer ver…

Só sei sentir o que escrevo
Não sei se consigo partilhar
A desilusão de tão grande carrego
E de vós ver assim a suplicar

A mim me parece tão evidente
A loucura que está no escuro
Que confundiu tanto a minha gente
E nos deixa frios contra o muro

Apetece-me dizer bem e mal
Apetece-me gritar com a vossa surdez
Parece que não vem esse final
Que nos levará a todos de vez

Que acordem do escuro do ensino
Que acordem da mentira doce
Parece que não tem nem metade do tino
De quem até aqui vos trouxe

Triste não é quem luta e cai
Triste não é quem é deixado só
Vale mais um fraco que vai
Que um forte que mete dó

PP_17 07 2021

 

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.