De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Motores

Carros da Mercedes entram na luta contra o racismo

A Mercedes anunciou esta semana a troca de cor nos veículos de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, que vão estar na pista no próximo fim de semana, na Áustria, como forma simbólica de luta contra o racismo.

Em comunicado, a marca reforçou que pretende atrair talentos de todas as áreas da sociedade, uma vez que percebeu que apenas três por cento dos seus colaboradores pertencem a minorias étnicas.

“Temos orgulho na nossa cultura e valores. Recompensamos cada contribuição individual e os membros da nossa equipa contam uma história de inclusão. Mas percebemos que apenas três por cento dos nossos funcionários pertencem a minorias étnicas e apenas doze por cento são mulheres. Essa falta de diversidade diz-nos que devemos procurar novas abordagens para atrair talentos de áreas da sociedade que não conseguimos alcançar hoje”, sublinhou Toto Wolff, chefe da Mercedes Amg F1.

Quanto à estética dos Fórmula 1, o prateado deu lugar ao preto, “cor escolhida como símbolo da luta contra o racismo”, e foi escrito no chassi a mensagem “End Racism” (fim do racismo). No perfil da auréola foi ainda afixada a “hashtag” #WeRaceAsOne (corremos como um).