De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Cap Magellan quer salvar vidas com campanha rodoviária

© Luís Cruz / BOM DIA

A associação de lusodescendentes Cap Magellan voltou a marcar presença nas fronteiras de Vilar Formoso, Chaves e Valença, no passado fim de semana, e deu as boas vindas aos emigrantes que regressaram ao país para o período de férias de verão.

Através da campanha “Sécur’été 2021”, iniciada em 2003, dezenas de jovens voluntários acorreram aos principais pontos de entrada em território nacional e alertaram os condutores para os comportamentos que podem aumentar a sinistralidade rodoviária, causar incêndios florestais e disseminar a doença covid-19.

Em entrevista ao BOM DIA, a responsável desta iniciativa na fronteira de Vilar Formoso e Fuentes de Oñoro, Lurdes Abreu, explicou que a campanha assenta em dois eixos principais, sendo o primeiro desenvolvido na fronteira e o segundo junto de espaços de diversão noturna.

“Todos os anos, nas fronteiras, damos conselhos aos emigrantes que regressam. Falamos sobre a necessidade de descanso durante viagens mais longas e também sobre as boas práticas a adotar dentro do carro, sobretudo quando se transportam crianças. Já para os mais jovens, adotámos uma estratégia diferente. Vamos até às discotecas, entregamos pulseiras aos condutores à entrada e, à saída, fazemos um ‘teste do balão’. Se o condutor exceder o limite de álcool no sangue, tentamos impedir que ponha em perigo a sua vida e a de terceiros”.

Ao nosso jornal, Lurdes Abreu garantiu que estas iniciativas têm sido “um sucesso” e notou que o facto de esta ser “uma ação que salva vidas”, faz com que os jovens portugueses também se queiram associar.

Lurdes Abreu, da Cap Magellan, na receção aos emigrantes em Vilar Formoso este fim de semana

Lurdes Abreu, da Cap Magellan, na receção aos emigrantes em Vilar Formoso este fim de semana

Posted by BOM DIA on Monday, August 2, 2021

#portugalpositivo