De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Mundo

Cabo Verde: capela numa ilha deserta para proteger pescadores

O bispo de Mindelo em Cabo-Verde, D. Ildo Fortes, abençoou esta semana uma capela dedicada a Santa Luzia, que foi pedida pelos pescadores, na ilha com o mesmo nome que tem a particularidade de não ser habitada.

“Aos pescadores que frequentemente visitam esta ilha deserta e que há dezenas e dezenas anos cuidavam no pequeno Nicho de S. Luzia, confiamos a guarda desta capela”, escreve o bispo cabo-verdiano na sua página na rede social Facebook.

D. Ildo Fortes informa que na Eucaristia “foi benzida a capela e colocados Santa Luzia e São Pedro, o pescador da Galileia muito venerado pelos pescadores”.

O sacerdote Capuchino e jornalista, frei Hipólito Cançado, contextualiza que a capela dedicada a Santa Luzia foi construída em fevereiro de 2017, em substituição do “pequeno nicho”, a pedido dos pescadores que, “ao longo da semana, vão à faina” e têm como ponto de paragem a ilha deserta que foi decretada ‘Reserva Natural’, pelo Governo de Cabo Verde, em 2003.

A construção da capela dedicada a Santa Luzia, na ilha deserta cabo-verdiana com o mesmo nome, foi financiada por um programa de proteção regional costeira e marinha, através da Universidade de Cabo Verde e executado pela Associação dos Pescadores de Salamansa, com a participação de outras entidades públicas do arquipélago lusófono.