De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Colunistas

Brilho

As estrelas,

O luar

– no firmamento

São claro na noite…

Claro!

Claro que é.

Mas é mais bonito o espaço

O firmamento…

 

É como se um sopro

Daquele colorido

Penetrasse em mim

No meu coração, no meu ego…

 

As estrelas, estrelinhas

– entrelinhas que eu escrevo

Sem definir o que me vai na alma

E no peito e cá dentro

Aonde vai a dor

O sofrimento de – de ver

E deixar…

 

Diário de Poemas – Memórias, 1987/07/19