De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Europa

Bota militar de empresa portuguesa em destaque em Paris

A nova Combat Boot da marca vimaranense Lavoro foi uma das atrações da feira francesa de proteção e segurança Milipol que teve lugar em Paris na semana passada.

Esta bota de combate produzida no âmbito do programa “Soldado do Futuro”, liderado pelo CITEVE (Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e Vestuário de Portugal) visa capacitar o soldado para um desempenho mais ágil e eficaz. A COMBAT BOOT (Sistemas de Combate do Soldado – Sobrevivência), que já está a ser usada pelo exército português em diversas missões internacionais, foi desenvolvida com base no aprofundado conhecimento operacional do Exército, bem como num estudo antropométrico, realizado pelo SPODOS (Foot Science Center, da Lavoro), aos pés de 230 militares portugueses.  

A Combat Boot é produzida com duas referências: uma para clima temperado e, outra, para clima tropical. Caracteriza-se por ser um equipamento de proteção individual mais ligeiro, ergonómico e de última geração, com capacidades adicionais de resistência ao calor e à chama, impermeabilidade, anti-perfuração, mais adequado a contextos de camuflagem e capaz de regular a temperatura do corpo, para melhor se adaptar às missões e à sua geografia. 

«O nicho do calçado profissional para o segmento militar é uma das nossas prioridades, há pelo menos duas décadas, com a preocupação constante de inovação no design, na seleção de materiais e nas funcionalidades do calçado, inclusive no domínio da podologia e da biomecânica.

Procuramos, por isso, ter uma ampla oferta para polícias, seguranças, militares e bombeiros. Neste contexto, a Milipol é um palco privilegiado para apresentar a nossa gama “Range Force”», explica Rui da Silva, coordenador comercial da Lavoro para o segmento “Range Force”. A restante linha “Range Force” da Lavoro é composta pelas referências Patrol, S.A.S Black Boot, Paratropper nas versões Black, Brown e Coyote, assim como modelos mais clássicos como o York ou a Brigitte.

A empresa

A ICC – Indústria e Comércio de Calçado, SA, que detém a marca Lavoro, é, há 33 anos, um dos mais reputados produtores europeus de calçado profissional, de homem ou de senhora, para diversos sectores: indústria, construção, logística, transportes, manutenção, eletrónica, extração de minérios, saúde, exploração florestal e forças militarizadas. Exporta 80% da produção para mais de 50 mercados e afirma-se como uma indústria de serviço. Foi a primeira empresa do sector do calçado profissional a deter certificação em Investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI). Visando o aconselhamento do calçado adequado a cada ambiente de trabalho, criou o SPODOS – Foot Science Center e estabelece regularmente parcerias com centros de investigação e universidades. Detém uma subsidiária na Alemanha e, para 2019, estima uma faturação de 16 milhões de euros.

#portugalpositivo