De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Mundo

Batatas portuguesas podem chegar ao Qatar

Os produtores portugueses de batata já podem exportar para o Qatar, um mercado com potencial de cerca de 2,6 milhões de consumidores, anunciou o Ministério da Agricultura.

“O Governo abriu um novo mercado para os produtores nacionais de batata. Os operadores podem a partir de agora exportar para o Qatar, um mercado com potencial de cerca de 2,6 milhões de consumidores”, indicou, em comunicado, o ministério tutelado por Capoulas Santos.

De acordo com o Governo, os produtores de batata juntam-se assim aos de pintos do dia e de ovos de incubação que, desde 2016, podem exportar para o Qatar.

“Este passo é resultado do forte investimento deste Governo na abertura de mercados e na internacionalização”, disse, citado no mesmo documento, o secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira.

Para a exportação, antes do início das operações para países terceiros, é “geralmente necessário estabelecer com as autoridades competentes dos países de destino as condições e requisitos fitossanitários ou sanitários”, que têm que ser cumpridas pelos operadores económicos e pela autoridade nacional responsável pela certificação dos produtos a serem exportados.

“As empresas interessadas deverão contactar as Direções de Serviços de Alimentação e Veterinária da sua região (DSAVR) ou os serviços competentes das Regiões Autónomas (RA), por forma a conhecerem os requisitos específicos necessários para darem início à exportação”, sublinhou o Ministério da Agricultura.

O Governo já abriu 54 mercados para 202 produtos, 155 dos quais na área animal e 47 de origem vegetal.

Atualmente, o Ministério da Agricultura está a trabalhar na abertura de mais 58 mercados para a exportação de 274 produtos, 223 da área animal e 51 da vegetal