De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Banda de jazz de português lança novo álbum em Londres

A ‘big band’ de jazz OverGround Collective, formada pelo compositor e guitarrista Paulo Dias Duarte, em Londres, lançou esta terça-feira o álbum de estreia intitulado “Super Mario”, num concerto no clube Vortex.

O lançamento do disco estava previsto 2016, mas demorou mais três anos devido à necessidade de fazer novas gravações, o que implicou mobilizar os 18 músicos e juntá-los em estúdio.

“Tínhamos uma gravação feita em estúdio em 2014, que estava bastante boa, mas não cumpria os critérios, [embora fosse] suficientemente boa. Juntei de novo os músicos e decidimos repetir até ficar bem”, contou o português à agência Lusa.

As origens do projeto remontam aos tempos em frequentava os estudos de jazz, primeiro de licenciatura na universidade de Middlesex e depois de mestrado, no conservatório Trinity Laban, quando começou a convidar colegas para tocar.

Em 2014, foi convidado para tocar no clube de jazz Vortex pela produtora LUME, num evento de música improvisada, e foi nessa altura que compôs o repertório para este disco.

“Fui olhar para o meu caderno de apontamentos dos tempos em que tinha aulas com o [guitarrista] Mário Delgado, quando tinha 16 anos, e comecei a desenvolver os exercícios “, revelou.

O nome provisório de “Super Mario” acabou por ser bem acolhido pelos restantes membros e ficou como título do CD, editado pela Babel, de Oliver Weindling, e que teve como técnico de som o português Nuno Fernandes, que já trabalhou com artistas como Bryan Adams e KT Tunstall.

Paulo Dias Duarte vive entre Londres, para onde se mudou em 2003, e Copenhaga, onde se instalou há cerca de dois anos, mantendo atividade como guitarrista, tendo recentemente partilhado o palco com Thurston Moore, antigo guitarrista do grupo Sonic Youth, e o baterista Mark Sanders.

Os concertos com o OverGround Collective acabam por ser raros devido aos compromissos e carreiras individuais de cada um dos 18 músicos, mas Paulo Dias Duarte está a planear uma digressão no Reino Unido, em 2020, e espera levar a banda que fundou a Portugal pela primeira vez.