De que está à procura ?

Mundo

Aterragens e descolagens mais seguras graças a nova tecnologia

Os FOD (Foreign Object Damage ou Danos por Objeto Estranho), causados por objetos nas pistas, e os embates de pássaros, por exemplo, custam à indústria do transporte aéreo milhares de milhões de euros todos os anos e geram longos atrasos para os passageiros, além do perigo que representam.

Os aeroportos dependem frequentemente de veículos de patrulha para as inspeções nas pistas. Torsten Leth Elmkjær, presidente executivo e fundador da Nordic Radar Solutions, em Aarhus, na Dinamarca considera que não se pode manter o aeroporto inteiro em espera porque alguém está à procura de FOD.

A Nordic Radar Solutions tentou resolver este problema com a tecnologia FODDBASA, criando um sistema integrado para resolver as três questões de uma só vez, e ajudar a melhorar a relação custo-benefício, ao mesmo tempo que utiliza menos radares por aeroporto. “Penso que temos uma tecnologia de radar bastante única”, declarou Elmkjær. “O sistema de três em um é o nosso ponto de venda único”.

Os radares que a empresa de Elmkjær tem vindo a desenvolver operam numa banda de frequência do espetro eletromagnético mais alta do que outros sistemas, com o objetivo de detetar objetos com menos de 1 centímetro. O uso do chamado espectro de banda “Ka-band”, a cerca de 35 gigahertz (GHz), é combinado com antenas altamente sensíveis para detetar sinais fracos vindos de longe.

No entanto, enquanto Elmkjær acredita que o projeto inicial foi 70% bem-sucedido, a sua equipa descobriu que a frequência do radar não era suficientemente alta para os níveis de desempenho requeridos.

Mas ele tem a certeza de que será possível alcançar o desempenho certo com alguns ajustes. A Nordic Radar Solutions desenvolveu um sistema que funciona entre 92 e 98 GHz, que agora precisa de passar por mais testes. “Tenho um bom pressentimento de que em breve transformaremos isto num produto comercial”, explica Elmkjær.

Muito do potencial, acredita, vem da Ásia e do Médio Oriente, onde estão planeados muitos aeroportos e os sistemas atuais ainda não estão em funcionamento. “Na Ásia e no Médio Oriente, estão a ser planeados novos aeroportos que terão a mais recente tecnologia disponível. É mais fácil incorporar este tipo de sistemas quando os aeroportos estão em fase de planeamento”.

Além disso, a Nordic Radar Solutions irá oferecer os sistemas separadamente. “Alguns querem entrar com apenas um sistema de FOD, mas com a opção de comprar os suplementos necessários para ter a solução completa três em um”. Outros, tais como aeroportos militares na Dinamarca e na Bélgica, estão mais interessados em sistemas de deteção de drones.https://911dcd240d6e92417d4ef10148ae6127.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

“No fim de contas, estes sistemas de radar têm grandes benefícios quando se considera a alternativa de não os ter”, disse Elmkjær. “São sistemas económicos quando comparados com a quantidade de danos que podem ocorrer se não for detetado algo”, acrescentou.

A bordo dos aviões, certas características têm de ser refinadas e melhoradas tanto para benefícios operacionais como de segurança, à medida que a tecnologia da aviação avança. Isto inclui janelas capazes de aguentar embates de pássaros a altas velocidades e que permitam oferecer funções de anticongelamento e antiembaciamento.

TÓPICOS