De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Portugal

Ataques de javalis causam preocupação em Pombal

Uma delegação de agricultores da região de Pombal, no distrito de Leiria, esteve reunida com o presidente da Câmara para solicitar a sua intervenção junto do Governo de forma a pôr fim aos ataques dos javalis nas culturas.

O presidente da União de Agricultores do Distrito de Leiria (UADL), António Ferraria, explicou à agência Lusa que os agricultores entregaram uma carta ao presidente do Município de Pombal, Diogo Mateus, onde enumeram as perdas que têm sofrido provocadas pela destruição de culturas por javalis.

“Esta é uma situação insustentável para os agricultores. Semeamos as culturas e depois são destruídas pelos javalis, que passaram a estar mais próximo das populações, depois das queimadas na floresta”, acrescentou António Ferraria.

Segundo o presidente da UADL, Diogo Mateus demonstrou “solidariedade” e referiu que “já tinha efetuado algumas ‘démarches’ junto do Governo”, e que, agora, “vai reforçar” a sua intervenção.

António Ferraria revelou ainda que abordou o ministro da Agricultura em Santarém e que lhe expôs o problema: “Disse que têm de fazer um despacho, até por causa da peste suína, que já chegou aos javalis”.

O objetivo dos agricultores é o de que o Governo “autorize a associação de caçadores a abater os javalis” e que apoie financeiramente os agricultores pelos prejuízos causados com a perda das culturas da agricultura familiar, local e regional.

“Iremos fazer algumas reuniões nas freguesias e com as autarquias da região. A próxima será com o presidente do Município de Ansião. Não vamos parar até que sejam tomadas medidas. Não são só os agricultores a serem prejudicados, como a produção nacional”, alertou.