De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Colunistas

Vila de Alcoutim – encantadora e genuína

Escondida no sul de Portugal, a vila de Alcoutim tem uma excelente vista para o rio Guadiana. Apesar da pequena vila ter apenas 2.917 habitantes, é bastante produtiva e ao mesmo tempo sossegada.

Nesta localidade, vamos encontrar um bom alojamento, nomeadamente o Hotel de Alcoutim, a Pousada da Juventude, Casas dos Avós e Casas d’Aldeia. Tanto famílias, jovens ou seniores aventureiros e individualistas descobrem a região, o seu encanto e simplicidade.

As festas e os mercados predominam ao longo do ano. Em Marco realiza-se a feira do pão caseiro quente e queijo fresco na localidade de Vaqueiros, situada no concelho de Alcoutim. A Feira do Artesanato é organizada no recinto da praia fluvial de Alcoutim, onde se pode encontrar as famosas bonecas de trapos, bordados e cerâmica. E a festa de música e dança dura três dias no mês de Setembro.

A população dá as boas-vindas a turistas nacionais e estrangeiros. Muitos holandeses, ingleses, alemães, espanhóis e dinamarqueses atracam os seus veleiros na margem do Guadiana, para se apetrecharem de água e alimentos. E estes, acabam por descobrir a linda paisagem desta localidade algarvia mesmo perto do Alentejo e de Espanha.

É habitual realizarem-se competições de canoagem no rio Guadiana, provas de ciclismo e atletismo nos arredores. Também os apreciadores de passeios de motos descobrem as curvas desta região, ao longo dos pequenos montes e por estradas solitárias, mas onde não faltam os eucaliptos e sobreiros.

A temperatura mínima no inverno é de zero graus e no Verão, a máxima pode ultrapassar os 48°. Trata-se de uma região cheia de extremos, mas para quem é muito curioso, encontra no concelho de Alcoutim verdadeiros tesouros.

O BOM DIA descobriu a gastronomia e a doçaria da região. Destaca-se a carne de javali, carne de ovelha e de porco, o pão doce e as filhós de mel, fritas no azeite da região.

Após um passeio à volta das muralhas do antigo castelo construidas no tempo de Don Sancho II, sugere-se no Verão um banho na praia fluvial e travessias de barco no rio. E no inverno, sugere-se a prova da marmelada de marmelo e de tomate, assim como uma visita à Capela de Santo António.