De que está à procura ?

Comunidades

Quase 200 alunos fizeram exame de português na Venezuela

© DR

A Coordenação de Ensino da Língua Portuguesa na Venezuela retomou os exames de Certificação de Ensino de Português no Estrangeiro (EPE), interrompidos devido às restrições impostas pela pandemia da covid-19.

“Depois de dois anos de pandemia, retomámos as provas de Certificação EPE, um processo de reconhecimento de aprendizagem dos alunos na Venezuela. Inscreveram-se 195 alunos, de cinco níveis, em três centros de exame”, disse o coordenador do ensino à Agência Lusa.

Segundo Rainer de Sousa, trata-se de “um bom número, atendendo ao facto de ser a primeira época após a covid-19”.

“Há mais alunos interessados e em novembro próximo a coordenação do ensino abrirá novas inscrições para que possam apresentar as provas”, explicou, precisando que os exames atuais decorreram em Caracas (Centro Português) e nos Estados de Arágua e Mérida, no Colégio San José de Cágua e Colégio La Salle, respetivamente.

Por outro lado, explicou que nas próximas semanas vão ser entregues as correções dos exames e que os certificados vão ser emitidos pelo Instituto Camões em conjunto com a Direção-geral de Educação de Portugal.

Rainer de Sousa sublinhou ainda que “graças ao Instituto Camões, os exames são gratuitos na Venezuela”.

#portugalpositivo

TÓPICOS