De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Lifestyle

Portugueses e espanhóis ‘atacam’ mercado dos ultracongelados

A empresa espanhola de confeção de produtos pré-cozinhados ultracongelados Congalsa tornou-se acionista da congénere portuguesa Sulpasteis, sediada em Arganil, distrito de Coimbra, e prevê para 2020 uma faturação conjunta superior a 100 milhões de euros, foi anunciado.

“Esta operação permitirá que a nossa empresa cresça por via inorgânica e consolide a sua posição a nível internacional, particularmente no mercado português”, afirma Luís Miguel Simarro, diretor-geral da Congalsa, em comunicado enviado à agência Lusa.

De acordo com o gestor espanhol, esta operação permite, “simultaneamente, ter uma maior solidez económica, pois as duas empresas em conjunto irão atingir uma faturação anual superior a 100 milhões de euros em 2020”.

Segundo o comunicado, a Congalsa, sediada em Pobra do Caramiñal (Corunha), é uma das empresas que lidera o setor alimentar do mercado galego, com uma faturação anual de 83 milhões de euros, tendo movimentado, em 2019, “um total de 24,5 milhões de toneladas de produtos nas várias gamas”.

A Sulpasteis, fundada em 1994, ultrapassou os 17 milhões de euros de faturação em 2019 e possui uma rede de distribuição própria e uma carteira ativa de 450 clientes, “centrada exclusivamente no setor horeca (hotéis, restaurantes e cafés)”, com 15% da sua produção destinada a mercados internacionais.

A empresa portuguesa é especialista na confeção de pré-cozinhados à base de peixe de produtos tipicamente portugueses, como pastéis de bacalhau, rissóis de camarão, rissóis com variados recheios, folhados, chamuças, pataniscas de bacalhau, bacalhau à Brás, lulas recheadas e muitos outros.

“A aliança permitirá consolidar o crescimento e o emprego e fará com que a Congalsa e a Sulpasteis tenham uma equipa com aproximadamente 500 pessoas”, lê-se no comunicado, que garante ainda a manutenção dos atuais 125 postos de trabalho na empresa de Arganil.