De que está à procura ?

Comunidades

Polícia alemã confirma que restos mortais encontrados são de Diana Santos

© DR

As partes de um corpo encontradas na cidade alemã de Temmels, localizada junto à linha de fronteira com o Luxemburgo, pertencem a Diana Santos, uma portuguesa residente no Luxemburgo que foi brutalmente assassinada no mês de setembro.

De acordo com um comunicado divulgado esta semana pela polícia de Trier, os testes de ADN levados a cabo pelo Instituto de Medicina Legal da Universidade de Mainz indicam que os restos mortais são compatíveis com aqueles que foram descobertos em Mont-Saint-Martin, França.

Diana Santos, de 40 anos e residente em Diekirch, no Luxemburgo, foi encontrada decapitada e desmembrada junto à fronteira com o Luxemburgo no dia 19 de setembro.

As novas provas encontrados pela polícia alemã no início do mês de novembro coincidem com os membros e cabeça que permaneciam por localizar após a descoberta da polícia francesa.

Na sequência da investigação deste crime foi feita a detenção de um cidadão marroquino, de 48 anos, que vivia com Diana e que terá promovido um casamento combinado de um sobrinho com a portuguesa, que depois terá quebrado o contrato. Diana Santos terá sido assassinada em casa e o corpo, desmembrado, levado para junto de um edifício devoluto em França.

TÓPICOS