De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Motores

O Opel Vívaro está de parabéns

Opel Vivaro, MY 2004

O Opel Vívaro celebra este ano o seu 20º aniversário. Após a estreia mundial no Salão de Veículos Comerciais de Bruxelas, em janeiro de 2001, o furgão do fabricante alemão colocou-se desde logo na primeira linha da estratégia de veículos comerciais ligeiros da Opel. A primeira geração Vívaro é, também, a antecessora do atual “Comercial Internacional do Ano”, o furgão zero emissões, de motorização totalmente elétrica, Opel Vívaro-e.

Foram fabricadas até à data mais de um milhão de unidades Vívaro, volume que sublinha o sucesso e popularidade deste furgão, bem como a importância dos veículos comerciais para a Opel. A nova terceira geração está à venda desde o final de março de 2019, com uma gama de modelos que inclui não só versões com motorização Diesel mas também o Vívaro-e 100% elétrico, a concretização de uma ideia que teve origem em 2010, com o Vívaro-e Concept.

O Vívaro nasceu de uma ‘joint-venture’ estabelecida entre a Opel e a Renault, em dezembro de 1996, tendo os dois fabricantes celebrado um acordo para disponibilizar aos seus clientes os benefícios das suas competências em engenharia e elevados padrões de qualidade, passando a cooperar na vertente dos veículos comerciais ligeiros.

Graças a essa ‘joint-venture’, a Opel encontrou uma excelente oportunidade para entrar no segmento de comerciais até 3,5 toneladas de peso bruto. O Opel Arena, antecessor direto do Vívaro, chegou ao mercado apenas 12 meses após o início da cooperação entre as duas marcas, seguindo-se, em janeiro de 1999, o Movano.

A Opel e a Renault investiram equitativamente um total de 700 milhões de euros no desenvolvimento e produção do Vívaro. Foram necessários apenas 35 meses para lançar o novo modelo, com todas os processos e responsabilidades partilhadas entre os dois parceiros. A Renault concentrou-se na concepção geral e nos grupos motopropulsores, enquanto a Opel foi responsável por levar o modelo à produção.

A produção do Vívaro e do seu ‘irmão’ Renault Trafic arrancou na fábrica da IBC Vehicles em Luton, Inglaterra.