De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Motores

Morte de Paulo Gonçalves: Governo recorda a ética do piloto português

O Governo disse que o piloto Paulo Gonçalves fica para a história do motociclismo como um dos desportistas com a ‘ética’ e o ‘altruísmo’ como marcas indeléveis da sua carreira.

“O percurso do motociclista português na alta competição ficou marcado por colocar sempre na frente da sua ação os valores da ajuda, do companheirismo e da sã competição”, refere a nota conjunta do ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, e do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo.

Nesse mesmo comunicado, é lembrado o gesto do piloto português no Dakar de 2016, quando parou para ajudar o austríaco Matthias Walkner (KTM), ao lado de quem permaneceu após uma queda deste e fratura de uma perna.

“Essa atitude no Dakar 2016, entre outras que foi tendo ao longo do seu percurso desportivo, levou a que o IPDJ atribuísse ao motociclista o Prémio Nacional de Ética no Desporto de 2016. A própria Federação Internacional de Motociclismo atribuiu idêntica distinção”, lembrou o Governo.

Tiago Brandão Rodrigues e João Paulo Rebelo dizem ainda que Paulo Gonçalves, que morreu hoje aos 40 anos, durante uma etapa do Dakar, será como “um atleta de exceção, um dos grandes campeões da história do desporto motorizado, um exemplo de dedicação e de altruísmo”.

O ‘motard’ Paulo Gonçalves faleceu na sequência de uma queda durante a sétima de 12 etapas da 42.ª edição do Rali Dakar de todo-o-terreno, na Arábia Saudita.

De acordo com a informação da Amaury Sport Organization (ASO), o alerta foi dado às 10:08 horas locais, menos três em Lisboa.

Foi enviado de imediato um helicóptero que chegou junto do piloto às 10:16, tendo encontrado Paulo Gonçalves inconsciente e em paragem cardiorrespiratória.

“Depois de várias tentativas de reanimação no local, o piloto foi helitransportado para o hospital de Layla, onde foi confirmada a morte”, referiu a organização.

Paulo Gonçalves participava no Dakar pela 13.ª vez desde 2006, ano de estreia na prova.