De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Comunidades

Ministério dos Negócios Estrangeiros apoia mais de cem associações da diáspora

O programa de apoios financeiros da Direção-Geral dos Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas do Ministério dos Negócios Estrangeiros acaba de revelar quais as associações e federações da diáspora que recebem este ano fundos para realizar projetos junto dos emigrantes.

Foram 115 as estruturas que viram os seus projetos admitidos a avaliação e quase o mesmo número obteve um apoio financeiro que pode ir de algumas centenas de euros até 20 ou 30 mil.

Com apoios superiores a 20 mil euros foram aprovados apenas seis projetos. O país com maior números de projetos apoiadas foi França com mais de 40, entre os quais iniciativas da CIVICA, a estrutura que junta os luso-eleitos naquele país, e que obteve apoios para quase uma dezena de ações.

Estes apoios destinam-se a associações e federações das comunidades portuguesas legalmente constituídas há mais de um ano, sem fins lucrativos ou partidários, cujo objeto vise o benefício sociocultural das referidas comunidades, mas também outras pessoas coletivas baseadas em Portugal desde que proponham a realização de atividades que resultem em benefício das comunidades portuguesas e se enquadrem nalgum dos objetivos e prioridades definidos na lei.

O Bomdia.lu asbl, associação sem fins lucrativos baseada no Luxemburgo, na origem do jornal BOM DIA. obteve apoio para dois projetos: um de promoção da língua portuguesa e de Portugal intitulado “Comunicar Portugal+”, além de uma iniciativa cultural promovida em colaboração com a escola de música portuguesa com sede em Londres e no Luxemburgo, a LusoAcademy.

A única organização, além do Bomdia.lu asbl, a obter apoio foi o CASA – Centro de Apoio Social e Associativo, que será financiada para dar apoio social a portugueses no Luxemburgo.