De que está à procura ?

Colunistas

 Há uma geração 

Há uma geração que amaldiçoa pai e mãe 
Que aos seus olhos não abandona a imundice
Uma geração que tem o que outra não tem
Inteligência mal direcionada e ama a aldrabice. 

Há uma geração cujos dentes são tanques de guerra
Assentada no sofá está pronta para puxar ao gatilho
Preparada para que não aja paz nesta terra
Com coração traiçoeiro ama cada pequeno sarilho.

Uma geração vivendo num mundo adoentado 
Que usa a sua língua só para bajular
Capaz de roubar pai e mãe e não vê algo errado 
Que geração será esta que não sabe o que é amar?!

Há quem diga que está sempre de emboscada
E que sempre se envolve com dissidentes 
Mas fica sabendo que tal vida não te leva a nada
Eu digo a esta geração, muda: e deixa de ranger os dentes!

José Valgode

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.

TÓPICOS

Siga-nos e receba as notícias do BOM DIA