De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Europa

Há progressos nas negociações entre Europa e Reino Unido

As equipas negociais do Reino Unido e da União Europeia registaram progressos em várias frentes na discussão que decorreu ao longo da presente semana, em particular nas áreas que afastam as duas partes de um acordo de parceria política e económica, segundo revelaram à Bloomberg fontes conhecedoras da negociação.

Estes avanços reforçam as possibilidades de ser alcançado um acordo abrangente no início de novembro, acrescentaram as mesmas fontes. Este maior otimismo permitiu ainda à libra moderar as perdas contra o dólar, com a divisa britânica a perder agora menos de 0,5% face à moeda norte-americana, isto depois de ter negociado com perdas em torno de 1% ao longo desta manhã.

As duas partes começaram já a trabalhar no esboço de um acordo referente às questões concorrenciais (“Level playing field”) e estão próximas de finalizar um documento conjunto sobre as ajudas de estado.

As fontes citadas pela Bloomberg adiantaram ainda terem sido obtidos avanços quanto à jurisdição e aos mecanismos legais para fazer cumprir um eventual acordo de parceria. Outros setores em que foram registados progressos dizem respeito aos direitos sociais, taxas alfandegárias e navegação aérea.

Além das garantias de condições de concorrência justa e da supervisão jurídica, também o setor das pescas continua a dificultar um acordo. Nesta questão sensível, o lado europeu exige condicionar o acesso britânico aos mercados comunitários de energia e transportes à garantia de acesso do setor pesqueiro da UE às águas territoriais do Reino Unido (Londres exige recuperar total soberania na gestão das suas águas).

Todavia, o facto de as equipas lideradas por David Frost (do lado britânico) e por Michel Barnier (pela UE) terem iniciado a preparação de um texto comum é um sinal de que poderá estar mais próximo o bloqueio negocial que persiste desde há cerca de meio ano.