De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Colunistas

Fraseologias que chegam

Esta doutrina, este populismo desventurado de André Ventura é pouco… Ainda é quase nada!

André Ventura é capaz de quase tudo; até porque tem atrás de si grandes e poderosos lobbies que sustentam tudo.

Desde o canal de televisivo, às designadas fake news que proliferam muito por todas as redes sociais, aos perfis falsos, tudo está muito bem organizado.

Ventura não perde uma oportunidade que se lhe dê, não só para se falar dele, mas sobretudo para ele mesmo falar. E isso é o caminho mais curto do populismo, que é exactamente o que ele quer… É o seu modo de estar na política e de fazer espectáculo.

Intrujão mas hábil à beça como se vê nas actividades / cargos que mantém em paralelo enquanto deputado, faltando ao que prometeu na campanha das legislativas, ser exclusivamente deputado – e o povo gosta de o ver batalhar, abrir os braços como o salvador – aproveita-se de as pessoas não reflectirem acerca do que ele diz ou faz, mas ao modo como ele pragueja.

Ventura não desperdiça também as eleições presidenciais para ter palco e desestabilizar a campanha – mais uma vez para se falar dele, objectivo primeiro da candidatura – campanha que já se prevê pouco fértil, cujo ritmo também será pautado por Marcelo no seu passeio atapetado de vermelho.

Há pelas redes sociais algum material que mostra realidades de Ventura, que circula sob responsabilidade dos restantes partidos com poder aquisitivo.

Atentemos nas fake news, aquelas que levaram o senhor Donald Trump e o capitão Jair Messias Bolsonaro aos poderes respectivos.

É o método que este Ventura fomenta e as pessoas que não são informadas aplaudem-no.

(Não pratico deliberadamente o chamado Acordo Ortográfico)

 

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.