De que está à procura ?

Comunidades

Escuteiros portugueses do Luxemburgo sopram 40 velas

© João Goulart / BOM DIA

A festa dos 40 anos do Agrupamento de Escuteiros de Santo Afonso (AESA) decorreu no sábado em Bridel, no Luxemburgo, e esgotou o salão cheio de alegres e participativos jovens escuteiros, famílias e amigos.

Marcaram presença o Cônsul-Geral de Portugal, Jorge Cruz, que agradeceu “o trabalho meritório em prol da comunidade portuguesa”, e o vereador Raoul Weicher, da Comuna de Kopstal, que referiu que apoia e acolhe [a AESA] porque percebe “o valor do seu trabalho, a abertura, tolerância, hospitalidade, a integração na sociedade luxemburguesa e os valores que trazem da cultura portuguesa”.

O chefe do agrupamento, Bruno Martins, de 29 anos, referiu a importância do agrupamento AESA para os jovens da comunidade lusófona com a “integração e reforço da integração entre originários de Portugal, Brasil e Cabo Verde, que encontram um porto seguro, nos valores da amizade, fraternidade e solidariedade do escutismo e da cultura portuguesa”.

Fundado em 1982 pelos esforços do padre Belmiro Narino e do Chefe de Agrupamento fundador, Joaquim Pinto de Sousa, é até hoje o único agrupamento português de escuteiros no Luxemburgo, e “não teve um nascimento fácil”, pois “sofreu forte oposição das autoridades, que recusaram qualquer apoio e não aceitavam a participação integrada de rapazes e raparigas”, declarou Joaquim Pinto de Sousa.

Uma coisa “impensável há quarenta anos”, num país onde as escolas ainda praticavam a segregação de género, com escolas para raparigas distantes das escolas de rapazes, conforme recordou Joaquim Pinto de Sousa.

O responsável pelo grupo recorda as boas memórias das “viagens e peregrinações, as representações de teatro, as aventuras na neve e os acampamentos nas montanhas, com as tendas e equipamento cedido pelo exército luxemburguês”, disse ao BOM DIA.

Entre os convidados que vieram de Portugal estavam Vânia e Felipe, do Agrupamento 1317 de Parceiros, Leiria, que revelaram “a estreita relação de amizade entre os dois agrupamentos que vem desde 2006”.

#portugalpositivo

TÓPICOS