De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Lifestyle

Empresas portuguesas mostram-se na feira de moda de Paris

A segunda edição anual da feira Première Vision, em Paris, vai levar à capital francesa várias empresas portuguesas nas áreas do têxtil, confeções e peles, num ano em que este encontro está preocupado com a sustentabilidade da indústria da moda.

Como um evento a não falhar no calendário das tendências mundiais, a segunda edição anual da Première Vision decorre até sexta-feira na capital francesa.

Com 1.900 expositores e 60 mil profissionais vindos de 120 países, esta é uma das principais feiras mundiais para as marcas que procuram novos tecidos ou novas soluções de confeção.

Portugal marca presença com 81 empresas, entre as quais 14 vão-se estrear neste certame.

Quase metade das empresas são da área têxtil, um dos setores nacionais mais reputados em termos de exportações, mas, tal como noutras edições, as empresas portuguesas têm também uma ampla representação a nível das confeções ou peles.

Esta edição da feira debruça-se especialmente sobre a sustentabilidade da moda, com duas empresas portugueses a destacarem-se nos ‘stands’ reservados à Smart Creation (ou criações inteligentes, em português).

Uma delas é a RDD Textiles, que integra o grupo Valérius Textêis, que entre outras ideias vem apresentar a Paris um projeto que recicla desperdícios têxteis.

A empresa SEDACOR também tem lugar de destaque nesta parte da feira, aliando a moda à cortiça, criando assim novos materiais sustentáveis que já estão a ser utilizados em calçado e acessórios.

A presença de uma parte das empresas portuguesas em Paris é financiada pelo Programa 2020/Compete 2020, dinamizado pelas associações Selectiva Moda/ATP-Associação Têxtil de Vestuário de Portugal, CENIT/ANIVEC-Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confeção e APIC-Associação Portuguesa dos Industriais de Curtumes.