De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Colunistas

Criancinhas

Tantas criancinhas estão famintas

Tem corpos desnutridos e chaguentos

Com cabelos de frio e bocas abertas

Esperam ansiosamente algum pão ….


E tentam brincar num jardim imaginário 

Ao berlinde, ao peão e cabra cega

Tem sonhos vãos e olhos de angústia 

E no horizonte não vêem esperança.


Sem cérebros não tiveram escola

Para o futuro os sonhos são vãos 

Caem bombas e pedem esmola

Pois os homens já não são irmãos!


Percorrem a vida com pezinhos descalços 

Continuam seminuas e sem esperança 

Recebem falsas esperanças e sonhos falsos

E os poderosos dizem: Onde está a criança?!


José Valgode 

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.