De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Europa

Covid no Reino Unido: vacinação acelera para combater variante Delta

O Reino Unido registou 16.135 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, um máximo desde 06 de fevereiro, e 19 mortes, de acordo com os dados atualizados do Governo britânico, que intensificou a vacinação devido à variante Delta.

Na terça-feira tinha notificado 27 mortes e 11.625 novos casos.

O aumento significativo de infeções associado à variante Delta levou o Governo a urgir os jovens maiores de 18 anos a agendarem rapidamente a imunização contra a covid-19.

Nos últimos dias “foram feitas seis marcações por segundo”, revelou o ministro responsável pela vacinação, Nadhim Zahawi, numa conferência de imprensa, saudando as imagens de jovens à espera em fila junto a estádios desportivos onde foram instalados grandes centros de vacinação.

Segundo o ministro, quase metade do grupo entre os 25-29 anos e um terço daqueles entre os 18 e 24 anos já receberam a primeira dose.

“Os últimos dados mostram que a vacinação evitou mais de 40.000 mortes e 44.500 hospitalizações” no Reino Unido, vincou.

Segundo o ministro, em janeiro a maioria dos pacientes internados eram maiores de 65 anos, mas nesta vaga este grupo etário representa menos de um terço dos internados enquanto mais de 70% são menores de 65 anos.

De uma amostra de pessoas hospitalizadas infetadas com a variante Delta, mais 60% não estavam vacinados e menos de 10% estavam totalmente imunizados com duas doses, referiu Zahawi.

“A nossa missão agora é conseguir proteger o máximo de pessoas possível e o mais rápido possível”, afirmou.

Desde dezembro foram inoculadas 43.448.680 pessoas, o que corresponde a 82,5% da população adulta, e 31.740.115 milhões de pessoas, ou 60,3% da população adulta, já receberam também a segunda dose.

Nos últimos sete dias, entre 17 e 23 de junho, a média diária foi de 14 mortes e 11.354 casos, o que corresponde a uma subida de 53% no número de mortes e de 43,9% no número de infeções relativamente aos sete dias anteriores.

A média diária de pessoas hospitalizadas foi de 224 nos sete dias entre 13 e 19 de junho, um aumento de 24,8% face aos sete dias anteriores.