De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Comunidades

Congresso da Civica reuniu em Paris centenas de luso-eleitos

Este domingo decorreu o Congresso da Associação de Autarcas de Origem Portuguesa de França – Civica, no Palais des Invalides, em Paris.

Paulo Marques, eleito em Aulnay-sous-Bois e presidente da estrutura, salientou a grande “mobilização” dos membros e agradeceu aos seus colegas do conselho de administração da Civica. Marques destacou a presença dos autarcas “rurais” da região de Gironde e do Loiret (Resende e Lucas), os delegados nacionais provenientes de Landes, Grand-Est, Hauts-de-France, Moselle, Bas-Rhin. O congresso prestou homenagem a Carlos dos Reis que é eleito desde 1983.

Um dos temas bastante presente no congresso foi a situação do ensino de português em França. O deputado do PSD, eleito na Europa, Carlos Gonçalves, defendeu que “a reforma que o governo francês pretende implementar no terceiro ciclo do secundário compromete o futuro do ensino da língua portuguesa neste país”.

“Com quase duas décadas de existência a Civica tem realizado um meritório trabalho de mobilização da nossa comunidade para a participação cívica e política”, afirmou o deputado do PSD que na sua intervenção no congresso apelou à participação da comunidade portuguesa nas eleições europeias.

Gonçalves salienta que pediu “aos autarcas presentes que nos seus territórios que tentem ir junto das pessoas para explicar o que a Europa tem feito por cada um de nós.

Paulo Pisco, apesar de ser eleito por outro partido, concorda com a importância “das próximas eleições europeias e da necessidade de defender o projeto europeu da ameaça dos populismos e extremismos”. O deputado socialista manifestou no Facebook a sua satisfação pela participação no congresso, destacando ainda a importância de ter estado presidente Pedro Cegonho, presidente da ANAFRE, a associação das freguesias portuguesas.

O congresso contou com a presença de Jorge Torres Pereira, embaixador de Portugal em França, mas também com representantes da autarquia parisiense.